CONHECENDO O TEMPRA (parte II)

Tempra parte II

Tempras Turbo (Turbo, Stile e Turbo Stile), “Ou você ta atrás ou ta dentro dele e na frente”.

Bom nem preciso dizer que as pessoas criticam, falam mal e etc., mais apesar de todo mundo saber que pra turbinar um gol e deixar mais forte que um Tempra não se gasta muito se comparado a outros carros, mais e o conjunto? Um Tempra turbo com 1,2bar e turbina original pode chegar a 300cv no motor e cerca de 280 nas rodas, e isso tudo com “miolo” original, que agüenta quase 400cv sem troca de pistão.

Fora que o Tempra tem suspensão independente o que garante estabilidade, conforto e segurança em curvas e retas.

Tem freios que apesar de um pouco fracos, param o carro muito bem! Direção precisa e com o peso certo que garante a sensação de “carro na mão”

Quanto à manutenção, nada fora do comum, lógico sem abusar em pressão sem alimentar devidamente o motor! Algumas peças como mangueiras são um pouco difíceis de encontrar, mais alguns fazem com canos de inox e mangotes de silicone que dão um visual muito bom e resistem muito bem.

QUEBRA MUIT O?

No geral? Não. Como todo carro a manutenção preventiva que já provei que não é cara se for feita, torna ele um carro muito resistente, a casos de gente que está a vários anos só fazendo as preventivas sem nunca ficar na mão. Mais lógico como todo carro tem seus problemas crônicos, como o suporte da caixa de direção que pode quebrar com o carro andando, mais que mesmo assim não oferece perigo se não for abusado pois os únicos sintomas são volante torto e estalos nos pedais do freio, mais nem por isso se deve andar com o carro assim né, mais no TBR já existe uma ótima solução que sai muito barata e pode ser considerada definitiva!

ESQUENTADINHO DA FIAT?

Outra besteira enorme, todo mundo acha que o Tempra trabalha mais quente que outros motores mais isso não é verdade, infelizmente a conversão pro Brasilis nos primeiros modelos não foi muito bem feita e ai criaram (pra mim) a pior coisa pra um Tempra, o kit verão! O problema não foi usar ele, mass nos 1° modelos que tinham o problema!

O que lasca é que por causa do kit, mecânicos ruins ou donos negligentes mascaram problemas simples com essa gambiarra enorme! Mais como eu disse as vezes mesmo trocando tudo o mecânico pode não achar o problema e nesse caso o importante é que o carro não estrague e deixe na mão!

E assim termino meu post sobre o Tempra, duvidas a outros problemas só chamar!

[]s

About these ads

~ por lukinhas.killer em fevereiro 20, 2011.

4 Respostas to “CONHECENDO O TEMPRA (parte II)”

  1. Muito bom essa matéria…eu que achava que o tempra era bomba até eu adquirir um estou achando o maximo…pelo TBR e vc dando algumas dicas já conseguir consertar o ar condicionado, o suporte da caixa de direção trocar lampadas do painel e botoeiras sem quebrar o painel…então o tempra é um excelente carro…

    • opa, alguns são mesmo , mais por falta de manutenção mesmo hehe boa sorte com o temrprão e no que precisar tem o TBR que sempre tem alguém pra ajudar!

      []s

  2. Gostei da matéria. só tenho uma duvida. Eu tenho um Tempra 96 e gostaria de turbinar ele, so que tem varios amigos que dizem que não aguenta o que acha. Obrigado.

    • ola amigo, tudo dependen de como vai montar, meta de potencia e etc.. até uns 180cv da pra montar sem medo, acima disso já é bom investir num motor forjado ou mesmo suar pistões de um turbo original.. e em qualquer dos casos mesmo um projeto mais simples o intercooler é sempre bem vindo, ajuda muito a prevenir quebrar e da um UP na potência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: